Segesta Editora

Obras editadas

Neorrealismo italiano

Marzia Terenzi Vicentini

Neorrealismo italiano
Raízes populistas (Pavese, Vittorini, Pratolini, Levi)

  • 188 páginas;
  • 21 cm;
  • 0,350 kg;
  • ISBN 978-85-89075-09-1
  • Faça download do livro (pdf: 505KB)

Marzia Terenzi Vicentini nasceu em Cattolica (Itália) em 17 de novembro de 1943, transferindo-se para o Brasil com o marido, Andrea Vicentini, em 1967. E foi no Brasil que passou a maior parte de sua vida, um percurso que teve início em Pedrinhas Paulista, pequena colônia agrícola de italianos no interior do estado de São Paulo, onde participou de várias atividades sociais e culturais. Enquanto o marido trabalhava na direção da colônia e na organização da Cooperativa Agrícola de Pedrinhas Paulista, Marzia se deslocava todos os dias a Assis para lecionar Língua e Literatura Italiana na UNESP. Entre 1968 e 1973, nasceram seus três filhos. Em 1975, transferiram-se para Assis, onde viveram rodeados de amigos até 1985.
Com o objetivo de oferecer um futuro melhor aos filhos, escolheram Curitiba como nova etapa de vida, familiar e profissional. Não fosse a doença que a vitimou em 21 de janeiro de 2009, após quatro anos de luta e sofrimento, Marzia ainda estaria aqui entre nós, semeando alegria e generosidade, trabalhando com garra e profunda seriedade e encarando a vida com um entusiasmo e uma coragem extraordinários.

A vida acadêmica e profissional da autora seguiu um intenso percurso. Em 1965, obteve o diploma de graduação em Pedagogia pela Faculdade de Magistério da Universidade de Urbino, Itália. De 1966 a 1967, foi professora na Scuola Media Scipione Lapi (Ensino Fundamental II), na pequena cidade de Apecchio (Itália). De 1967 a 1985, foi docente de Língua e Literatura Italiana na Faculdade de Ciências e Letras de Assis (UNESP). Em 1979, obteve o título de mestre e, em 1985, o de doutor em Teoria Literária e Literatura Comparada, pela Universidade de São Paulo (USP). Em 1987, transferiu-se para a Universidade Federal de Santa Catarina e dois anos mais tarde, em 1989, para a Universidade Federal do Paraná, na qual lecionou até 1994, como professora titular de Literatura Italiana.

Em 1999, com o marido, Andrea Vicentini, e a colaboração dos amigos e professores Fani Goldfarb Figueira e Pedro de Alcântara Figueira, fundou a Segesta Editora, com um projeto editorial inédito: a coleção Raízes do Pensamento Econômico. O principal objetivo da coleção era lançar no Brasil obras importantes e pouco conhecidas, com uma linguagem acessível a um público geral. Como tradutora da Segesta, Marzia deixou-nos as seguintes edições: Ferdinando Galiani, Da moeda; Antonio Serra, Breve tratado das causas que podem fazer os reinos desprovidos de minas ter abundância de ouro e de prata; Geminiano Montanari, Tratado mercantil sobre a moeda; e Nicole Oresme,Pequeno tratado da primeira invenção das moedas. Do seu vasto e dedicado trabalho profissional, merecem destaque a tradução, em parceria com Miguel Sanches Neto, do livro de Giovanni Rossi A Colônia Cecília e outras utopias; a tese de doutorado Encontro com Italo Svevo; e a tese apresentada para o concurso de professor titular Foscolo discussioni linguistiche del Settecento.

As análises das páginas de Vittorini, Pratolini e Levi revelam um conjunto de motivos que indicam as formas e as direções diferenciadas da expressão artística desses autores, nas quais, todavia podem ser reconhecidos os aspectos essenciais do populismo, que permanece como substrato comum.
A referência ao estado de miséria do povo como símbolo deprofunda humanidade, como fonte de motivações e estímulos para tornar concretos os "abstratos furores" de quem não aceita a realidade em sua aparente imobilidade, em Vittorini; a apresentação do povo como depositário de valores existenciais, primitivos e espontâneos, que se definem "naturalisticamente" como tais, em Pratolini; a tentativa de eliminação dos padrões da "falsa razão" para o reconhecimento da particularidade do povo, sentido como mundo de valores fabulosos, em Levi; estas três formas de representação revelam, atrás da diversidade, o núcleo comum da inspiração.

volta topo

Conheça a Coleção
Raizes do Pensamento
Econômico.

Segesta Editora Ltda.
Rua Desembargador Westphalen, 15 . Conj. 1.705
Curitiba - PR . CEP 80010-903 . Tel/Fax. (41) 3233 8783

© 2000-2015 Segesta Editora Ltda. - Todos os direitos reservados.